arte reunião de negociações_banner

Foi realizada nessa segunda-feira, 12/8, a terceira reunião de negociações coletivas.  Os representantes do Sinter expuseram a insatisfação da categoria frente às negativas apresentadas de reposição sequer das perdas inflacionárias. Afirmaram que há uma expectativa muito positiva quanto a avanços nas negociações,  uma vez que os três diretores são empregados de carreira da Emater, que conhecem bem a realidade da Empresa, de que os empregados dos escritórios locais têm trabalhado à exaustão, atendendo muitos municípios e na luta para cumprimento das metas.

O Sinter insistiu quanto à necessidade de se retornar ao governo, uma vez que a situação dos empregados da Emater, que tanto contribuem para os ótimos resultados do setor agrícola, está insustentável. Diante da enorme dificuldade, para se negociar o Sinter apresentou  a Emater a seguinte contraproposta:

*   Reposição da inflação nos salários dos empregados, de acordo com o INPC – 5,07%;

*   Alteração do valor do vale-alimentação para de R$28,00, cada – 22 vales ao mês;

*   Alteração do reembolso creche, para R$540 (integral) e R$270 (meio turno);

Plano de Saúde,  contribuição de 3,5% pela Emater-MG;

A Empresa se comprometeu a ir ao Governo defender a contraproposta do Sindicato, para se prosseguir nessas negociações.

Prosseguiu-se a reunião com a análise de outras cláusulas, sendo: Telefonia móvel – Negada, pois a empresa considera inviável financeiramente;   Seguro de veículos – A Empresa irá realizar novo estudo de viabilidade econômica para seguro de terceiros e apresentará ao Sindicato;  Gratificação por função acessória – Negada, pois segundo a Empresa,  diretamente gerará impacto na folha,  sem possibilidade financeira;  Declaração de Aptidão ao Pronaf – DAP – Aprovada a Clausula com a seguinte redação: A EMATER–MG, na condição de Unidade Agregadora, dará o respaldo necessário ao(a) seu(ua) empregado(a) autorizado(a) a emitir a DAP – Declaração de Aptidão ao PRONAF. Parágrafo Primeiro – No caso da negativa do(a) empregado(a) em emitir a DAP, devido ao não enquadramento do(a) requerente, a EMATER-MG lhe assegurará o suporte necessário, administrativo e jurídico, mesmo se tratando de liderança municipal. Parágrafo Segundo – A EMATER-MG apresentará proposta à Secretaria de Agricultura Familiar e Cooperativismo – SAF de aperfeiçoamento na emissão de DAP, que reduza a vulnerabilidade do emissor, a partir das sugestões a serem apresentadas por seus(uas) gestores(as) e pelo   SINTER-MG, no prazo de 90 dias, contados da assinatura do presente acordo; Responsabilidade Civil – Negada, sob o argumento de que a empresa possui responsabilidade objetiva, portanto, não há necessidade de constar do acordo; Fornecimento de uniforme – Negada; Auxílio para despesas com filhos dependentes portadores de necessidades especiais físicas ou psicológicas – A Emater fará estudo para identificar as pessoas que se enquadram nesta reivindicação e o assunto será novamente discutido em reunião periódica.

Foi agendada a quarta reunião para o dia 20 de agosto.

Temos, quanto categoria, de nos mantermos mobilizados!

                                                               Na luta por nossas Justas Reivindicações.

  JUNTOS SOMOS MAIS FORTES!

Newsletters

Cadastre seu email para receber notícias