Em defesa da saude_banner

Desde o início da pandemia, frente à gravidade da crise sanitária e riscos à saúde dos empregados, o SINTER vem acompanhando o cumprimento pela Emater-MG, da adoção de medidas de prevenção ao Coronavírus e proteção à saúde dos trabalhadores. Como já vem fazendo com frequência, o Sindicato buscou informações junto à Emater-MG, no intuito de assegurar que continuem sendo cumpridas as condutas de proteção à saúde dos trabalhadores e agricultores.  Foram cobradas informações sobre testagem dos empregados, fornecimento de EPI’s, ação da Empresa com vista à vacinação dos empregados, dentre outras.

  Sobre a testagem dos trabalhadores, a Empresa informou que não está sendo feita, mas reforçou que o exame para detecção do vírus tem cobertura do plano de saúde em todo o Estado, portanto, a orientação do Sindicato é que, sempre que houver qualquer indício de contaminação, os trabalhadores procurem o serviço médico e façam a testagem, cuidando da sua saúde e dos demais.

Vacinação dos Extensionistas

  O Sindicato foi procurado por vários associados que manifestaram preocupação quanto à ampliação dos riscos de contaminação com o Covid-19, na realização do trabalho presencial. Houve solicitação de alguns colegas do campo para que fossem cobradas ações da Empresa no sentido de vacinar os extensionistas. Porém, o Estado precisa seguir o Plano Nacional de Vacinação. Tendo em vista que a maioria dos municípios mineiros já está na etapa de vacinar grupos não prioritários e sem comorbidades, e que há a previsão de vacinação das pessoas acima de 18 anos nos próximos meses, entendemos que seguindo o Plano Nacional, teremos uma vacinação de forma mais rápida do que tentar enquadrar os extensionistas como grupo prioritário, pois esse enquadramento precisa de negociação nacional.

Fornecimento de EPI’s

  Conforme resposta da Emater aos questionamentos do SINTER, equipamentos de proteção individuais como máscara e álcool em gel 70% estão sendo distribuídos a todos os empregados e que não há restrições orçamentárias para a aquisição de materiais de limpeza e conservação, como sabonete líquido e toalha de papel, ítens importantes na prevenção do Coronavírus. Caso tais medidas não estejam sendo cumpridas nos escritórios, ou não haja o fornecimento de equipamentos de proteção em qualidade e quantidade suficientes, orientamos que os trabalhadores façam essa cobrança de seu gerente por e-mail e em caso de não atendimento, que entrem em contato com o Sindicato, para que as situações de descumprimento sejam direcionadas e tratadas com a diretoria da Emater.

  O SINTER tem atuado desde o início da pandemia, com vista à conscientização das trabalhadoras e trabalhadores e, também da população sobre a importância das medidas preventivas para proteção da saúde e da necessidade de se acelerar a vacinação de toda a população. É importante, que mesmo após a vacinação, continuemos seguindo todas as orientações da Organização Mundial da Saúde (OMS) para se evitar contaminações e propagação do Covid-19.

  Seguimos atuando em defesa dos trabalhadores da Extensão Rural e reforçamos que qualquer situação de descumprimento da proteção à saúde deve ser denunciada ao Sindicato.

Confira os questionamentos encaminhados pelo SINTER-MG:

Ofício SINTER Reafirma a gravidade da pandemia e dos riscos à saúde do(a) empregado(a) da EMATER-MG

Confira a resposta da Empresa ao Sindicato

Resposta Emater aos questionamentos do SINTER-MG

Newsletters

Cadastre seu email para receber notícias