Reunião em Patos de Minas_banner

Trabalhadores da extensão rural se reuniram no último dia 25 em Patos de Minas para discutir propostas para a pré-pauta do Acordo Coletivo de Trabalho para o ano 2020. Durante o debate, foram discutidas metas de trabalho compatíveis com a realidade de cada escritório, implantação do plano demissão voluntária em consonância com a contratação de novos empregados, aumento do vale alimentação, contratação de novos trabalhadores aprovados em Concurso Público, atualização do incentivo à pós graduação, entre outros assuntos, que geraram sugestões para a pré-pauta. Além disso, o grupo participou de Formação Sindical em que discutiram assuntos como os impactos da Reforma Trabalhista.

A reunião teve como objetivos, envolver os trabalhadores na tomada de decisão no processo de reivindicação, bem como tirar dúvidas e esclarecer o processo de negociação coletiva do Acordo Coletivo de Trabalho entre empresa e empregados. Além de Leni Alves de Souza, diretora de Assuntos de Agricultura Familiar e Reforma Agrária, participaram pelo SINTER, Guiomar Magela da Mota, diretora de base Alto Paranaíba e Noroeste e Jose dos Reis Pereira, representante sindical da seção Patos de Minas, que mobilizaram e conduziram a reunião, que contou também com o apoio do diretor de Formação Política e Sindical, Rubem de Almeida.

“É importante ver o comprometimento dos trabalhadores com o trabalho de extensão rural e assistência técnica, como um fomentador de políticas públicas que contribuem para o desenvolvimento do campo e das comunidades mineiras. Quando fortalecemos os trabalhadores, fortalecemos a Empresa. Vamos trabalhar para que encontros como este, que promovem a educação sindical, aconteçam em todas as bases, fortalecendo ainda mais nosso Sindicato, com a participação efetiva dos nossos associados”, avalia Rubem.

Newsletters

Cadastre seu email para receber notícias